quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Obras do PAS/ UnB - primeira etapa - Subprograma 2009-2011

Indicações da leitura da obra
1. O Discurso da Servidão Voluntária, de La Boetie
2. Almanaque Brasil Socioambiental 2008
3. O Artigo 5.º da Constituição da República Federativa do Brasil, 1988
4. A pele do lobo, de Arthur de Azevedo,
5. Cartas Chilenas,de Tomás Antônio Gonzaga
6. A alma encantadora das ruas, de João do Rio,

1. antiphona O quam mirabilis est, De patriarchis et prophetis, Symphoniae, de Hildegard Von Bingen;
2. Bachiana nº 4, de Heitor Villa-Lobos
3. Daqui pra frente ou Cedo ou tarde, NX Zero
4. estilo musical angolano Kuduro
5. Eu nasci com fama, do grupo Móveis Coloniais de Acaju
6. Eu nasci há dez mil anos atrás, de Raul Seixas e Paulo Coelho, cantada pelo grupo Móveis Coloniais de Acaju
7. Hino de Duran e O casamento dos pequenos burgueses, da Ópera do Malandro, de Chico Buarque;
8. I Ching, do grupo mineiro Uakti
9. Ópera Carmen, de Bizet - músicas: L’amour est um oiseaux rebelle, e, Toreador Votre toast, jê peaux vous le rendre,
10. Pro dia nascer feliz, Cazuza
11. Sadeness, do Enigma
12. Se eu fosse o teu patrão ou Tango do covil, da obra Ópera do Malandro, de Chico Buarque.
13. Sweet Lullaby, Deep Forest
14. Violeira, de Chico Buarque e Tom Jobim, na voz de Monica Salmaso.

Artes plásticas:
1. A velha (Rainha de Tunis), 1513, de Quentin Massys,
2. Arte rupestre realizada na Região de Lagoa Santa
3. Auto-retratos da artista mexicana Frida Kahlo
4. Capela Nossa Senhora do Rosário, 1951, Vence, França, com vitrais de Henri Matisse
5. estruturas arquitetônicas do Teatro Nacional, de Oscar Niemayer
6. Fotografia de Sebastião Salgado no Acampamento de Sem Terra em Rio Bonito do Iguaçu, Paraná, Brasil,1996.
7. Igreja Nossa Senhora de Fátima de Brasília, 1958, decorada por azulejos de Athos Bulcão
8. O Beijo, 1967, de Valdemar Cordeiro,
9. Retratos Moça com brinco de pérola, 1665, de Jan Veermer,
10. As Pirâmides incas em Machu Picchu, no Peru.
11. Meteoro, 1967, de Bruno Giorgi, Palácio do Itamaraty,
12. exposição das Vacas espalhadas pela Avenida Paulista, em 2005.
13. ruínas de Stonehenge, na Inglaterra.

Vídeos:
1. Atlântico negro na rota dos Orixás, de Renato Barbieri,
2. Encontro com Milton Santos, ou o mundo global visto do lado de cá, de Silvio Tendler.
3. Para o dia nascer feliz, de João Jardim.

Para conferir todos os objetos do PAS para quem fará a Avaliação da primeira etapa clique agui

Grécia Antiga - Acrópole - Vídeo

De todas as Acrópoles gregas, nenhuma é tão impressionante como a de Atenas. Nesse lugar, houve o confronto entre Atena e Poseidon. O Deus, para mostrar seu poder, se tornou uma fonte jorrando água, quando a deusa deu à luz uma oliveira. Os atenienses elegeram como sua deusa Atena e seu templo consagra o seu lugar mais importante.
Os templos da Acrópole foram destruídos pelos persas durante as guerras Médicas. Péricles foi responsável pelo lançamento de um programa de construções novas, concluído num curto prazo final, que é modelo pelo aspecto monumental do conjunto.
Na entrada para o recinto amuralhado ergue-se o monumental portão Propylaea , construída por Menesicles. À frente deles está o templo de Atena Nike, foi trabalho de Calicrates. Dentro da Acrópole e na frente do Propylaea estava estátua gigante de bronze de Palas Atena, de Fídias. À sua direita é o Chalkotheke Propilón. E ocupando o planalto está o Parthenon, projetado por Ictinos e Calicrates. No norte, encontramos o Erechtheion, também por Menesicles, e ao lado do altar de Atena.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Grécia Antiga - Introdução Vídeo

Atenas é o sinônimo por excelência da cultura grega clássica, a nossa maneira de pensar e de ver o mundo e o homem. Quase sempre que pensamos em Atenas vem para a nossa memória do Partenon, na Acrópole, o Erechtheion, as guerras médicas, Platão, Aristóteles e os primeiros sinais de democracia.

Péricles foi o veículo da superioridade ateniense no período clássico grego. Seu principal objetivo foi embelezar a cidade e mostrá-la como exemplo para outras políes, não só política e socialmente, mas também na arte.

Roma deu-nos uma profunda admiração pelas realizações da civilização helênica que é Atenas. A cidade tornou-se a Meca intelectual do mundo romano.

Atenas viveu um período de declínio que abrangeu cerca de 1000 anos, até que em 1834 foi eleita a capital do recém independente Reino grego, recuperando parte do esplendor alcançado no século V a.C., nomeadamente através dos Jogos Olímpicos de 2004.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Grécia Antiga no século V

A GRÉCIA NO SÉCULO V A.C.
A Grécia dos tempos clássicos, antes da conquista macedônica (Queronéia — 338 A.C.) estendia-se até 40° de latitude norte. Faziam parte de seus domínios os diversos arquipélagos do mar Egeu e as ilhas da costa ocidental (Corfu, Cefalônia, Zanto). A serra do Pindo separava o Épiro da Tessália. Um istmo, perto de Corinto, ligava a Grécia Central à península do Peloponeso.

Migrações oriundas do Norte ocuparam a terra grega em ondas sucessivas. Os deslocamentos de populações determinaram a formação de colônias nas costas asiáticas. As três cores do mapa indicam os setores em que se estabeleceram as três etnias helênicas (dórios, eólios, jônios). A posição geográfica de Tróia, na proximidade
do Helesponto, explica a importância histórica daquela cidade. Para conquistá- la, partiam as expedições gregas das principais cidades da Argólida: Micenas, Tirinto, Argos.
O relevo manteve a Grécia dividida em pequenas regiões naturais que constituíam unidades políticas (cidades-estado), como Atenas (Ática), Tebas (Beócia), Esparta (Lacônia), Megalópolis etc. No encarte,podem ser observadas as diretrizes seguidas pelos invasores persas, no século V, vindos por terra e por mar.
Fonte: Atlas histórico escolar [por] Manoel Maurício de Albuquerque, Arthur
Cézar Ferreira Reis [e] Carlos Delgado de Carvalho. 7. ed. rev. e atual.
Rio de Janeiro, FENAME, 1977. Em: Domínio Público

Clique nas Imagens para ver os detalhes
De Desafio da História
Clique na imagem para ver detalhes.

De Desafio da História

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

O que é Esclarecimento?

O que é Esclarecimento ou o que o Iluminismo é um texto do filósofo Immanuel Kant. Tal texto é ao mesmo tempo documento para pesquisa e poderoso instrumento de reflexão filosófica.
Boa leitura.

O que é Esclarecimento?

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Obras do PAS/ UnB - segunda etapa - Subprograma 2010-2012

Obras literárias
1. Almanaque Brasil Socioambiental 2008, publicação do Instituto Socioambiental (ISA),
2. Constituição Federal, Capítulo II, Direitos Sociais Fundamentais Artigos do 6º ao 11º (Congresso Nacional Constituinte, Brasil, 1988)
3. Dom Casmurro, de Machado de Assis,
4. John Locke (1632 – 1704), Ensaio Sobre o Entendimento Humano (1690),ler a primeira parte, destinada à crítica do inatismo cartesiano.
5. Os miseráveis, Victor Hugo,
6. Otelo, o mouro de Veneza, de William Shakespeare
7. Teatro Épico, Bertolt Brecht
8. Voltaire (François-Marie Arouet, Paris, 1694-1778), Cândido, ou o otimismo (1759).


Músicas
1. Billie Jean, de Michael Jackson
2. Cantata 140 (Wachet auf, ruft uns die Stimme) e Ária 6 - dueto soprano e baixo, de Johann Sebastian Bach,
3. Disseram que eu voltei americanizada, Carmem Miranda.
4. Carnaval dos Animais: (Introdução; Tartaruga; Os fosseis) de Saint Saëns,
5. Johann Sebastian Bach , Coro 4 - Zion hort die Wächter Singen
6. Para ti Ponta Porá, de Dino Rocha,
7. Fado Tropical, de Chico Buarque de Holanda.
8. I dreamed a dream interpretada por Susan Boyle
9. Ingemisco da Missa de Requiem do Pe José Maurício Nunes Garcia
10. Kaiowas do Sepultura
12. Matança, de Jatobá cantada por Xangai
13. Missa de Requiem, Rém K626 (Kyrie e Lacrimosa) de W Amadeus Mozart
14. Musical Les Miserables, 1980, de Alain Boublil com música de Claude-Michel Schönberg
15. Quereres, de Caetano Veloso.
16. Milongas para as missões, Renato Borguetti,
17. Rock das Cachorras de Léo Jayme, interpretada por Eduardo Dusek
18. Feira de Mangaio, Sivuca
19. Subida do Morro, Moreira da Silva
20. Toninho Ferragutti (Forró Classudo),
21. Você não soube me amar, da Blitz


Artes plásticas
1. 1091 Golfo de Nápoles com o Vesúvio ao fundo, de Eliseu Visconti
2. A Boa Educação, século XVII, de Jean –Baptiste Chardin,
3. A Liberdade guiando o Povo, 1833, de Eugene Delacroix,
4. A Rendição de Cam, 1895, do artista Modesto Broccos y Gomes,
5. Adereços Cerimoniais, da tribo Kayabi, do Estado de Mato-Grosso;
6. Ângelus, 1859, de Jean- François Millet
7. Ascensão da Doce Borboleta nos Campos da Matança, 2007, de Wanguechi Mutu,
8. Complexo Arquitetônico de Bom Jesus de Matozinhos, Os profetas e Os Doze Passos da Paixão, (1796-1799)
9. De onde viemos? O que somos? Para onde vamos? 1887, de Paul Gauguin,
10. Ensaio de Balé, 1878, de Edgar Degas
11. escultura a Bailarina de 14 anos, de Edgar Degas,
12. Escultura O Torso de Adele, de Auguste Rodin,
13. esculturas Ave Maria, de Victor Brecheret, no mausoléu da família, necrópole de São Paulo – SP,
14. estudo para Sagração de D. Pedro I, 1823, de Jean Baptiste Debret,
15. ex-votos e a série de gravuras Desastres de Guerra, a partir de 1808, de Francisco de Goya.
16. Flor do Mangue, de Franz Krajberg, 1973
17. fotografias Sarah Bernhardt, 1859, de Nadar,
18. Intuições Atléticas, 2003 de Arthur Omar;
19. Metamorfose Cultural, 1997, de Nelson Screnci,
20. Missamóvel, 2004, de Nelson Leiner.
22. Naufrágio, de Willian Turner,
23. Nu Feminino Deitado, 1896, de Rafael Frederico,
24. O êxtase de Santa Teresa, de Bernini,
25. O Jantar, de Jean-Baptiste Debret ,
26. O Quarto Estado, de Giovanni Volpato,
27. O Quarto, versão de 1889, de Van Gogh,
28. O Retrato, de Adele Block Bauer, de Gustav Klint
29. O Semeador, de Vincent van Gogh,
30. Parede de Memória, 1994, de Rosalina Paulino,
31. Retrato de Negro, de Luis Frederico da Silva,
32. serigrafias sobre fotografia Pelé e Michael Jackson, de Andy Warhol,
33. túmulo Ausência (séc. XX), cemitério do Morumbi-SP, de Galileo Emendabilim
34. Um bar no Folies-Bergère, 1882, de Eduard Manet,
35. Uma Tarde na Grande Jatte, de George Seurat,
36. Valentina, de Vick Muniz,

Vídeo
1. Quem são eles? (Índios no Brasil), do Ministério da Educação,
2. Quanto vale ou é por quilo, de Sérgio Bianchi
3 Invasores ou excluídos, de Cesar Mendes e Dulcídio Siq.

Os objeto do PAS segunda etapa estão sob revisão linguística, serão retiradas as obras utilizadas em 2009 e acrescentadas as obras acima citadas. Provavelmente até julho de 2010 será publicado o documento. Por enquanto pode-se conferir o documento utilizado no ano passado, clique aqui e veja.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Território Grego

Ao centro da mapa veja o território da Grécia contemporânea. Navegue no mapa e verifique as características peculiares do litoral recortado e do montanhoso relevo interior. A parte peninsular chama-se Península do Peloponeso o território ligado ao continente chama-se Ática, onde localizamos a capital Atenas.

Exibir mapa ampliado

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

360º uma visão da acrópole - Parthenon - Atenas

Grécia Antiga,
A Universidade Nashville, Tenesse Estados Unidos, desenvolveu um projeto histórico-arquitetônico onde criou réplica em tamanho natural do Parthenon de Atenas. A pesquisa incluiu a construção do site onde pode-se observar em fotografias panorâmicas um tour virtual na Acrópole de Atenas e no campus da Universidade.
Veja

http://www.dkv.columbia.edu/vmc/acropolis/index.html

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Apresentação sobre Grécia Antiga e funções políticas e sociais na pólis.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Sistema Colonial Espanhol

Vídeo sobre o sistema colonial espanhol. Aspectos econômicos, políticos e sociais.


Antigo Regime

Antigo Regime,
Conceituação política, economica e social do Antigo Regime. Europa séculos XVI a XVIII.
Ocorreu um erro neste gadget