quarta-feira, 28 de julho de 2010

Bandeiras

clique na imagem para ampliar

Grandes Navegações Portuguesas

clique na imagem para ampliar

terça-feira, 27 de julho de 2010

Renascimento e Humanismo - apresentação

Renascimento e Humanismo

O Casal Arnolfini Jan van Eyck, 1434 óleo sobre tábua 82 × 60 cm. Saiba mais aqui









clique nas imagens para ampliar

terça-feira, 20 de julho de 2010

Cotas e Democracia: A herança escravista - LUIZ FELIPE DE ALENCASTRO

O texto a seguir foi apresentado pelo Historiador Dr. Luiz Felipe de Alencastro sobre as cotas para negros nas universidades em audiência pública no Superior Tribunal Federal,  no dia 4/03/2010. A leitura esclarece elementos fundamentais para a compreensão  da questão da Escravidão e suas repercussões históricas no Brasil.


Cotas e Democracia
Parecer sobre a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental, ADPF/186, apresentada ao Supremo Tribunal Federal
No presente ano de 2010, os brasileiros afro-descendentes, os cidadãos que se auto-definem como pretos e pardos no recenseamento nacional, passam a formar a maioria da população do país. A partir de agora -, na conceituação consolidada em décadas de pesquisas e de análises metodológicas do IBGE -, mais da metade dos brasileiros são negros.
Esta mudança vai muito além da demografia. Ela traz ensinamentos sobre o nosso passado, sobre quem somos e de onde viemos, e traz também desafios para o nosso futuro.
Minha fala tentará juntar os dois aspectos do problema, partindo de um resumo histórico para chegar à atualidade e ao julgamento que nos ocupa. Os ensinamentos sobre nosso passado, referem-se à densa presença da população negra na formação do povo brasileiro. Todos nós sabemos que esta presença originou-se e desenvolveu-se na violência. Contudo, a extensão e o impacto do escravismo não tem sido suficientemente sublinhada. 

Leia a continuação do texto no Blog do Autor. Clique aqui.


Veja a primeira parte da exposição do autor no Youtube.

Ocorreu um erro neste gadget