terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Grécia Antiga no século V

A GRÉCIA NO SÉCULO V A.C.
A Grécia dos tempos clássicos, antes da conquista macedônica (Queronéia — 338 A.C.) estendia-se até 40° de latitude norte. Faziam parte de seus domínios os diversos arquipélagos do mar Egeu e as ilhas da costa ocidental (Corfu, Cefalônia, Zanto). A serra do Pindo separava o Épiro da Tessália. Um istmo, perto de Corinto, ligava a Grécia Central à península do Peloponeso.

Migrações oriundas do Norte ocuparam a terra grega em ondas sucessivas. Os deslocamentos de populações determinaram a formação de colônias nas costas asiáticas. As três cores do mapa indicam os setores em que se estabeleceram as três etnias helênicas (dórios, eólios, jônios). A posição geográfica de Tróia, na proximidade
do Helesponto, explica a importância histórica daquela cidade. Para conquistá- la, partiam as expedições gregas das principais cidades da Argólida: Micenas, Tirinto, Argos.
O relevo manteve a Grécia dividida em pequenas regiões naturais que constituíam unidades políticas (cidades-estado), como Atenas (Ática), Tebas (Beócia), Esparta (Lacônia), Megalópolis etc. No encarte,podem ser observadas as diretrizes seguidas pelos invasores persas, no século V, vindos por terra e por mar.
Fonte: Atlas histórico escolar [por] Manoel Maurício de Albuquerque, Arthur
Cézar Ferreira Reis [e] Carlos Delgado de Carvalho. 7. ed. rev. e atual.
Rio de Janeiro, FENAME, 1977. Em: Domínio Público

Clique nas Imagens para ver os detalhes
De Desafio da História
Clique na imagem para ver detalhes.

De Desafio da História

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget