quinta-feira, 6 de maio de 2010

Ecos do 13 de maio - Escravidão no Brasil

Ecos do 13 de maio
Renato Venâncio
A pesquisa a respeito da escravidão sempre exigiu muita criatividade por parte dos historiadores. Raríssimos foram os escravos alfabetizados. Mais raros ainda foram os que deixam documentos escritos do próprio punho. O testemunho a respeito dos povos da senzala quase sempre dependeu dos registros de traficantes e de cartórios, assim como dos textos de processos da inquisição e de tribunais civis.



Leia o artigo completo no site da Revista de História da Biblioteca Nacional

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget